O Dream Theater é uma das bandas mais icônicas do rock progressivo, com uma carreira que se estende por mais de três décadas. A banda é conhecida por sua técnica virtuosa e complexa, que incorpora elementos do metal, do jazz e do rock clássico. About to Crash Reprise é uma das músicas presentes no álbum Six Degrees of Inner Turbulence, lançado em 2002.

A música começa com um solo de teclado dramático de Jordan Rudess, que estabelece uma atmosfera sinistra. A bateria de Mike Portnoy começa a bater com força, enquanto a guitarra distorcida de John Petrucci cria um riff persistente. O vocalista James LaBrie entra e começa a cantar sobre um personagem que está prestes a sucumbir a suas próprias falhas e medos.

A música é uma reprise da faixa anterior do álbum, About to Crash. As duas músicas foram compostas para explorar o conceito de transtorno bipolar, que é descrito no restante do álbum. About to Crash retrata a mania e a euforia que acompanham os episódios bipolares, enquanto About to Crash Reprise explora a depressão e o desespero que frequentemente seguem esses episódios.

Musicalmente, a música é repleta de mudanças de tempo, riffs complexos e solos virtuosos. O Dream Theater é conhecido por seus arranjos complexos e virtuosismo, e About to Crash Reprise não é exceção. A música incorpora influências do rock clássico, do metal e do jazz, mas é enraizada em uma abordagem progressiva e avant-garde.

O Dream Theater sempre foi uma das bandas mais influentes do rock progressivo, e About to Crash Reprise é um exemplo incrível do poder e alcance de sua música. A letra poética, a habilidade musical e o contexto histórico se unem para criar uma música que transcende as limitações do rock progressivo. Se você ainda não ouviu About to Crash Reprise, não perca tempo – é uma das melhores músicas do Dream Theater e do rock progressivo em geral.